Período como aluno aprendiz é aceito para cálculo de aposentadoria por tempo de contribuição

Um segurado do INSS conseguiu na justiça o direito de ter contabilizado o tempo em que foi aluno aprendiz em uma escola técnica agrícola.

Esse período foi fundamental para que ele alcançasse o tempo de contribuição necessária para poder se aposentar.

No caso de aluno aprendiz, o segurado não precisa contribuir para o INSS, pois este período é computado como tempo considerando o trabalho nas instituições de ensino.

Para utilizar como tempo de serviço, o segurado precisou apresentar a certidão emitida pela escola agrícola ou rural em que ele estudou com a declaração de recebimento do salário utilidade, ou seja, que trabalhava e estuda na escola recebendo alimentação, moradia, etc. e o período que esteve na instituição.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *